Ceia econômica: Chef Flávio Duarte dá três dicas de como servir bem seus convidados sem estourar o orçamento

0
500
Foto: Divulgação / MF Press Global

Com preços acima do comum, a ceia de natal pode custar mais caro para os brasileiros em 2020; Chef ensina como calcular a divisão dos pratos para cada adulto

 

                Deixar a mesa do Natal farta neste ano não vai ser tarefa fácil para os brasileiros. Um estudo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) mostrou que os alimentos que compõem a ceia natalina estão, em média, 15% mais caros na comparação com o ano passado.

O arroz foi o que mais subiu, 62% mais caro. Atrás dele o pernil suíno, com 30,5%, depois o lombo, com 20,14% de aumento, o frango inteiro, com aumento de 14,5% e o bacalhau, 10% mais caro.

Para quem não abre mão da festa, mas não pretende se endividar na hora de fazer a ceia, o chef confeiteiro Flávio Duarte dá três dicas para sua festa natalina.

 

Proteínas

“Carnes de peru, chester e pernil são quase obrigatórias na ceia de natal. Na hora de fazer o cálculo de quanto servir, pense que, cada adulto como de 200g a 250g de carne. Então a dica é: calcular a quantidade de pessoas vezes 250g e com o resultado, mesclar as opções de carne que serão servidas”, indica. “Outra opção para quem quer economizar é servir algum peixe inteiro assado. Para servir de acompanhamento um pirão e uma salada verde”, acrescenta.

 

Bebidas

“No caso de bebidas alcoólicas, o correto é calcular uma garrafa de vinho ou espumante para cada três pessoas. No caso de bebidas não alcoólicas, pode-se considerar de 500 ml a 700 ml para cada pessoa. Pode variar entre refrigerante, sucos e outras opções sem álcool”, recomenda.

 

Sobremesas

“Tortas, mousses, pavês e bolos podem ser considerados uma taça (200 ml) ou uma fatia por pessoa. Doces individuais, como bombons e trufas, mede-se três por convidado”, sugere. “Para aqueles que gostam de uma mesa farta com muitas castanhas, também vale trocar as importadas pelas nacionais, como é o caso da castanha de caju”, finaliza.

Confira uma receita selecionada pelo chef para economizar, e, ao mesmo tempo, fazer a família vibrar de alegria.

 Manjar de coco com cobertura de goiaba

 Rendimento 12 porções

Ingredientes:

• 3 xícaras de leite integral

• 1 vidro pequeno de leite de coco

• ½ colher de chá de sal

• 9 colheres de sopa de açúcar

• 1 pedaço de canela em pau

• 4 colheres de sopa de amido de milho

• 1 colher de chá de manteiga

• Para a cobertura:

• 500 ml de suco concentrado de goiaba

• 1 xícara de açúcar

 

Preparo:

Junte todos os ingredientes, menos a manteiga e leve ao fogo médio até engrossar, retire do fogo e junte a manteiga. Transfira imediatamente para uma forma de 24 cm com furo no meio untada com manteiga ou desmoldante. Deixe esfriar e leve à geladeira por no mínimo 3 horas.

Para a calda: Em uma panela junte o suco concentrado de goiaba e o açúcar e deixe reduzir a 1/3, você terá uma calda linda e deliciosa.

Desenforme o manjar e sirva com a calda por cima. Se quiser decore com alguns pedaços de goiaba no prato.

Deixe uma mensagem